Seguem o meu sonho...

quarta-feira, fevereiro 09, 2011

Não sei o que sentes...

Porque nunca me dizes o que realmente
está na tua mente
não te sei compreender
sinto-me a caminhar
sobre vidros partidos
continuas a esconder...
não me quero magoar
teus olhos vazios
fazem me sentir vazia por dentro…
quando estou contigo
um dado rola…
não sei quando me vais fazer sorrir
ou...
quando me vais fazer chorar
elevas me…derrubas me
queres me…afastas me
e fico sem saber o que realmente está na tua mente…

32 comentários:

Whispers disse...

Querida Anjinha,
Tantas as vezes na vida que não se compreende, e ate tentamos chegar a um ponto que a gente sinta que valeu a pena.
Mas quando andamos sobre vidros partidos,ou com ovos nas mãos,como digo eu muitas vezes.
Querida mais vale abrir uma nova porta e fechar as portas todas do passado.
Adoro te ler.

Mil beijos de uma amiga invisível

Rachel

Meri Aleixo disse...

Parece que leu meus pensamentos
Quanto tepo que não venho aqui
Antes costumava te visitar, mesmo sem deixar comentário


abraço

Chica disse...

Indecisão, incerteza que ficaram lindas na poesia.beijos,chica

Valquiria Calado disse...

IIIII, minha querida, é normal a tal sindrome, muito comum mesmo, homem? é um mistério.

bjos.

M. disse...

E tens que saber mesmo?

:)

Consegues um misto de tristeza e de beleza...Gosto.

A.S. disse...

Nada é mais angustiante que a dúvida!
Olha bem no fundo dos olhos... talvez encontres as respostas!


Beijos...
AL

Parole disse...

Realmente a dúvida é como caminhar sobre vidros partidos... Adorei tuas palavras.Virei mais vezes.

Beijo e ótima semana para vc.

Paulo disse...

Realmente o alvo de teu amor parece sofrer instabilidade emocional, é o 8 ou 80, doce ou amargo, o tudo ou nada, assim torna-se difícil a entrega de qualquer alma sensível a tão grande redemoinho de emoções.

Olha se pudesse pediria ao Anjinho Cupido que te enviasse uma suave seta de amor para que teu querido sonho se realizasse com substância, mesmo correndo o risco de nunca saberes se essa pessoa alvo de teu sonho, te amaria de verdade e se era a pessoa certa para caminhar ao teu lado em prosperidade :)

Beijinho de sonho ^_^

Rute disse...

Complicado quando não se sabe o que passa na mente da pessoa amada. É como se estivesse tateado no escuro.
Beijos, lindo poema

José disse...

Olá anjo da minha guarda!

Caminhar sobre vidros partidos, não faz muito sentido, nos tempos que correm.
E um dado a rolar sem se saber para que lado vai voltar, é como jogar na toleta, nunca é uma jogada certa.

beijinho grande para ti,
José.

Desnuda disse...

Querida amiga,

Um poema bonito, mas admito que é mesmo complicado na realidade e muito angustiante.

Carinhoso beijo

Solange disse...

e foi porisso que nunca mais o procurei...


bjs.Sol

FlorAlpina disse...

(In)certezas...
Sabendo não querendo saber, Talve...


Bjs dos Alpes

Everson Russo disse...

As vezes a gente se perde mesmo sem saber ao certo o que a pessoa amada ta sentindo,,,pensando,,,desejando,,,grande beijod e bom dia pra ti querida.

Rolando disse...

Oi. Estive pór aqui. Muito lindo e bem feito. Gostei. Apareça por lá. Abraços.

Angel disse...

nem sempre é fácil dizer o que nos vai cá dentro...beijinhos com muitos Sonhos...

Secreta disse...

E , na minha opinião, é um dos maiores desesperos de uma relação! Não saber do outro, do que pensa, do que sente, do que é...
Beijito.

Wanderley Elian Lima disse...

Essa indecisão é angustiante, não poder ter clareza dos sentimentos de alguém nos deixam inseguros.
Bjux

Álvaro Lins disse...

A dúvida é fundamental nos (des)amores.

Jorge Pimenta disse...

vertigem oblíqua pairando sobre lágrimas e sorrisos. para quê esperar?...
um beijo, amiga-de-sonho!

Lilá(s) disse...

Há tanta coisa que nunca chegamos a compreender...
Sonhos lindos
Bjs

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

O que se passa na mente dos outros é tão difícil de ser decifrado.

Beijo.

Rebeca

-

Nilson Barcelli disse...

O teu sujeito poético corre sérios riscos de ser uma boneca nas mão de quem não sabe o que sente... mas faz o que lhe apetece, no fundo...
Querida amiga, gostei do teu poema.
Tem um fim-de-semana de sonho, querida amiga.
Beijos.

Diana Carla disse...

Ficar nessa corda bamba dar um frio na barriga...mas é necessário analisar se vale a pena...

otimo texto...

bjinhus...

segredo disse...

a incerteza dá cabo de nós!
como era bom se não existisse a duvida...

Beijinho de lua*.*

olhar disse...

silencie-se...o silêncio muitas vezes fala mais alto!

beijos!

Bia

Socorro Melo disse...

Oi, Anjo!

O insondável, é instigante, mas, traz sofrimento.

É tão mais fácil, quando há transparência...

Belo poema, como sempre.

Beijos :)
Socorro Melo

Fa menor disse...

a insegurança de não sabermos o que se passa na cabeça do outro...

que seja o que se passa em nós a nossa mais perfeita segurança, sem dependências exteriores.

Bjins

Graça Pereira disse...

A dúvida envenena tudo...e não mata nada...Situações destas fazem sofrer. Vive-se indefenidamente entre o Sim e o Não...
Beijos
Graça

mixtu disse...

não saber o que o outro pensa...
também me acontece a mim
e por isso desisti, há muito... de o saber...

:)

abrazo serrano

lynce disse...

Efectivamente o homem é um continente demasiado obscuro, por vezes dificil de entender...
Boa semana, minha virtualissima amiga.
:)))

Emoções disse...

Lindas poesias. Voltarei sempre.
Fica na paz.

...

Passaram por aqui...Informatica
Contador de visitas grátis Anjos