Seguem o meu sonho...

segunda-feira, setembro 06, 2010

Não sei para onde ia…

Não sei para onde ia…
quando a tua voz se calou
quando só restam magoas…
ressentimentos…
desilusões…
não sei o que fui…ou o que sou…
talvez para ti não passei de
um mar de nada…
de um céu sem estrelas…
de um jardim sem flores…
entrego as minhas forças
e desisto de entender
hoje é mais um dia comum ...
em que o céu desabou
em que me senti cultivada e depois destroçada.
não sei para onde ia…
quando tudo acabou!!




44 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida
Como entendo as tuas palavras.
Hoje sinto-me tão negra...tão NADA.
O vazio é um bicho que vai corroendo até ao fim.

Deixo-te o meu carinho e um beijinho
Sonhadora

Santo&Pecador disse...

Sabes amiga, não acredito no “não fui nada para ti”… de uma forma ou de outra, sempre que algo de bom acontece entre duas pessoas, nunca se pode dizer que foi um nada, é sempre alguma coisa, são momentos que irão para sempre ficar guardados. Por vezes a intensidade com que esse sentimento cresce para um, não é igual para o outro, resultando num fim. Mas nunca num nada, podes estar certa que foi sempre alguma coisa, algo de bom, um momento que vai ser sempre lembrado.

Beijo!

FlorAlpina disse...

Olá Anjo,
Não sei que diga, que possa ser util, para aliviar esse peso do céu que desaba em cima de alguém que se sentiu cultivada e depois destroçada...
A não ser que amanhã é outro dia!
E no mesmo céu haverá de novo estrelas!

Bjs dos Alpes

Paulo disse...

Ola Sonho :)

Triste a tua prosa, cheia de palavras certeiras como flechas de cupido, ainda assim as li como folhas caidas por baixo de arvore despida do Outono :(

Anda beber uma ´´agua tonica que eu passo-te um naco de alegria de minhas ferias, faço-te sorrir enquanto molhas os labios ^^

beijinho amigo num sonho de um anjo *_*

AC disse...

Também pode haver beleza num lamento. É o caso.

Beijo :)

José disse...

Olá anjo!
Espero que já tenhas encontrado o teu caminho, porque um anjo não se pode perder assim, e depois que era que me guardava a mim.

Um beijinho,
José.

Secreta disse...

Tudo vai melhorar...

Don Juan disse...

Ola, hum...não gostei deste poema.

Há dias e dias , mas , o que conta é vivermos um de cada vez e sendo assim ; tudo passa tudo passará...
Sei que por vezes ficam " marcas " , umas doces ( para recordar...) outras amargas é certo , mas , há sempre uma " outra " oportunidade e como tal , temos é de olhar em frente.

Desculpa este " arrazoado...

Beijinho ( femenina , algures...rsrsrs )

Angel disse...

Temos alturas mais cinzentas...espero que encontres mais cor para a tua vida...=)beijinhos com muitos Sonhos...

Braulio Pereira disse...

anjo meu

nâo te merece

se alguém te esqueceu

cada dia amanhece


beijos meus!!!

Wanderley Elian Lima disse...

As vezes a tristeza toma conta de nosso coração, porque percebemos que amamos e não fomos correspondidos.
Bjux

Everson Russo disse...

Palavras ditas com a alma,,com o sabio coração...a gente perde mesmo o rumo quando se cala o amor...beijos de otima semana pra ti.

Chica disse...

Triste e dolorida tus poesia,mas linda!beijos,fica bem,chica

Goticus Eternus disse...

Oi linda menina encantadora das palavras, muito obrigado por visitar meu blog, adoraria se se torna-se uma seguidora, estarei seguindo o teu concerteza, espero tua visita sempre.
Beijo doce para ti.
Tiago Dotto (goticus eternus)

Fa menor disse...

Música bem escolhida para ilustrar o poema.

Por vezes pode-se instalar um frio de enregelar...

Valéria Sorohan disse...

Quando tudo acaba, perde-se o chão.
Lindo seus poemas.

BeijooO*

Paula Barros disse...

O seu poema traz um sentimento profundo de tristeza, do se sentir nada.

beijo

segredo disse...

A incerteza do k somos para os outros é tao dolorosa! Como te entendo, como é dificil Meu Deus...

Beijinho de lua*.*

saudade disse...

Olá querida Anjo, porquê esse sentimento, essas magoas, alguem te voltou a magoar? Olha para o céu, lá vais encontrar a tua paz. Não entregues as tuas forças, levanta a cabeça e segue em frente, ninguem merece essa tristeza.
Sabes que esse não é so um mais um dia comum, é mais um dia que vives-te, bom ou mau, sente-te feliz por o teres vivido.
Beijo de um anjo
Saudade

ONG ALERTA disse...

Quando acaba é para vir um novo começo...paz.
Beijo Lisette

Feiticeira disse...

Olá

Vc é mulher que amou, que se deu, que viveu
Não tem que se arrepender, tolo aquele que não soube dar valor ao que tinha

Beijinhos, boa semana

Nilson Barcelli disse...

As surpresas podem surgir quando menos esperamos...
Belo poema, querida amiga. Gostei imenso.
Um beijo.

Brisa disse...

Um poema triste onde retratas o desalento dos Sonhos de um Anjo.
O céu desabou...apenas tens que deixar passar o momento e olhar em frente para novos horizontes

Beijo

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso de otima quarta feira pra ti querida amiga.

© Piedade Araújo Sol disse...

a desilusão, que resta, quando tudo se acaba.

muito triste...

um beij

Pelos caminhos da vida. disse...

Precisas encher esse vazio...

Abra a janela, respire bem fundo, sinto o aroma das flores, o cantar dos passarinhos, o azul do céu, os verdes...creio que agora esse vazio foi preenchido.

Um gde abraço.

beijooo.

Socorro Melo disse...

Oiê,

Quanta emoção! Um vendaval de sentimentos!

belo poema!

Socorro Melo

Lua Nova disse...

O fim de um amor pode sugar para dentro de si, toda a luz e energia que nos rodeia, como um buraco negro... mas o amor é imortal em si mesmo e, como tal, voltará a nos habitar pleno e radiante...
Beijokas.

MEU DOCE AMOR disse...

Para quê mágoas, ressentimentos?Ainda entendo que subsistam as desilusões,mas deitemos fora o restante.Não nos levam a lado algum.

Olhemos dentro de nós e vejamos a beleza que temos dentro de nós.Portanto ,pq não sorrir?Haverá Amor mais impoprtante que o nosso?Sim pq nós somos Amor!

Beijinho doce, agradecendo as tuas visitas no Sonhar:)

Fabricante de Sonhos disse...

Ahhhh o amor...
A vida e seus desencontros e seus (des)afetos...
Nada? Não.... Ninguém é tão pequeno que não faça a sua diferença!
Lindo texto...
Muito tocante.
Como sempre, me sinto leve ao passar por aqui.

Beijos mágicos!
Fabricante de Sonhos
(Twitter: @millaborges)

Maria Valadas disse...

Um poema em cascatas de tristezas... mas, muito belo!

"...não sei para onde ia…
quando tudo acabou!!"

Versos que emocionaram.

Beijo e um forte abraço.

Maria

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso de linda quinta feira pra ti amiga querida...

ஐ¸.Lady .¸ஐ disse...

Já me senti vazia assim...Durou o tempo que eu permiti. Um da eu disse basta, cansei de sofrer e me lamentar.
Levantei, ergui a cabeça e me abri para um novo amor.
Vai passar querida, tenha fé e força.Esperança em dias melhores.
Tenha um dia especial.
Com carinho, Lady.
Bj

*lua* disse...

É ... essa vida não é nada fácil, parei até de contabilizar os segundos que escrevo de felicidade para logo após navegarem todas as minhas palavras pelo mar de infelicidade ... acho que nesse caso o tempo não é o mesmo, ou sei lá, minha ânsia de ser feliz me confunde. D´anjo querida ... força e paz no seu coração!

poetik disse...

No fim restam sempre imensas coisas... por vezes até boas...


kiss

Livinha disse...

Minha querida.
Foste um céu que alguém não enxergou.
Como bem disseste lá no meu recanto: O amor não se liga a estatutos, acontece e pronto.
Sim, ele não escolhe portas a bater, adentra e se firma independente de ser aceito ou não.
Também não esmorece, mantém-se de pé, confiante, a espera de que outro coração esteja pronto, para a receptividade. O amor está em toda parte, pedindo permissão para ser aceito.

Obrigado pelo carinho deixado em meu recanto.
Tenha uma linda tarde!

Bjs

Livinha

lynce disse...

Pareces-me demasiado melancólica, mas por incrivel que pareça gosto de te ler assim. Por favor,não me interpretes mal, não é sadismo, não, é uma forma diferente de sentir o que escreves.
Adorei este post, minha virtualissima amiga.
Beijinhos!
:)))

Jorge Pimenta disse...

também aqui as encontro (as cicatrizes). aprendamos com os animais a lambê-las e a cicatrizá-las...
um beijinho (de) sonho!

Solange disse...

identifiquei-me com o que dizes..
estou um tanto assim como tu.
belo poema..triste, porém suave.
bjs.Sol

Manu disse...

Olá!
Sentir o vazio é como dizes um desabamento que nos faz esquecer os rumos da vida, ela dissertação.
Obrigado pela visita e pelo comentário.
Beijos.

diariodumapsi disse...

Obrigada pela visita.
Volte sempre!
gd beijo

Desnuda disse...

Amiga,

quando o fim de um sentimento ou relacionamento é desta forma é terrível. O vazio é preenchido com sentimentos que machucam tremendamente. Mas nada como um dia após o outro e que o tempo não suavize ou cure.


Carinhoso beijo.

sophie disse...

Por vezes os outros conseguem descrever bem o que nos vai na alma...
E agora que te li, percebo que as tuas palavras podiam ser minhas...

Mas aos poucos deixo de pensar nesse vazio em que fui deixada e tento seguir em frente! Uns dias melhor que outros...

Vou amar a vida e os bons amigos...
Vou aproveitar as pequenas coisas da vida...
E ser feliz!!!
Desejo-te o mesmo...

:)

Me permita disse...

Menina, encontrei um cantinho aconchegante! Teu blog respira amor! Ultimamente o tempo tem me afastado do blogger, mas nunca perderei os laços que nos unem por aqui! Logo estarei com uma nova postagem!

Bjs!

...

Passaram por aqui...Informatica
Contador de visitas grátis Anjos